Alcançando o peso ideal... Transformando um sonho em realidade ;)

"O sucesso é a soma de pequenos esforços, repetidos dia sim e no outro também!"
Cheguei!!! Alcancei minha meta!!! Graças a Deus!
"Nunca duvide do seu potencial, você pode quando você quer, você consegue quando você luta." Eu lutei e concluí: cheguei aos 60k! 47k off!!!

Gostou? Siga você também e indique a seus amigos!

Controle de Peso

domingo, 4 de setembro de 2011

Amei essa matéria e por isso quero dividir com vocês...


Créditos: A liga – programa sobre obesidade exibido em 07-04-11 na Band


 Vivenciar as dificuldades, o que pensa, como age e como reage uma pessoa obesa... isso é só o começo! 

 Limitações, falta de consciência, compreensão e conhecimento fazem parte da rotina do obeso. O normal seria todos se respeitarem, mas se isso não ocorre entre as pessoas de peso normal, porque ocorreria entre pessoas de diferentes aspectos?
 Discriminação, desprezo, exclusão... isso machuca muito e o pior, é pra vida toda:/

 Referência, apelido, piadas... o obeso passa por tudo!


Obesidade mórbida: são muitas as dificuldades inclusive para transporte!


 Acessibilidade, diversão, empregabilidade, compromisso...
***
Tem gordinho que se aceita, como a Giovana e outros que não ou que querem emagrecer como o Marcos, Rogério, João e tantos outros anônimos pelo mundo. Emagrecer, como já tenho dito, não é apenas por estética, mas por saúde. E no caso, principalmente das crianças e adolescentes, que sofrem ainda mais com o preconceito e exclusão, pela auto-estima, num período crucial de formação da personalidade. Eu revi essa matéria várias vezes e chorei junto com o João e por cada gordinho que já sofreu, assim como eles e eu, qualquer tipo de discriminação, exclusão, preconceito ou simplesmente não conseguiu fazer coisas básicas como comprar roupas, passar pela catraca ou corredor do ônibus, cruzar as pernas, pegar um objeto que caiu, andar de bicicleta ou ter relação sexual.  
Quando ultrapassamos o peso normal, o mais óbvio é querer emagrecer, mas após algumas tentativas logo vem o desânimo e desistência ou ainda, como por muito tempo aconteceu comigo, queria emagrecer, mas não conseguia reagir a esse desejo, não fazia nada além de saborear cada oportunidade de me alimentar bem; bem caloricamente e desistir nas primeiras barreiras!
Alternativas sempre são válidas e acho que, se juntarmos tudo (dieta, atividade física, estética, alternativas, terapia, força de vontade e apoio externo) o resultado não tarda a aparecer; vale à pena.
A conclusão do Rogério foi a mesma, exatamente, a mesma que eu tive.  Após muitos “tapas na cara” ( um deles devo ao dr. Luiz Gustavo, um dos endocrinologistas com quem me consultei nos últimos anos, que me ajudou a acordar – obrigada!) se a mudança não ocorre primeiro na “nossa cabeça gorda”, então nada muda. A primeira mudança vem de dentro, vem do jeito de pensar e agir pra fazer a diferença. E só depois de realizar essa mudança é que obtive resultados. O psicoterapeuta, dr. Flávio Gikovate, deixou a dica em seu twitter: “Para emagrecer é melhor começar pelo fim: comer como se já estivesse magro, alimentando-se corretamente. Aos poucos, o corpo chega lá!”

By PRosa;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ajude a somar, dividir e multiplicar, deixe um pouquinho de você e volte sempre♥!♥!♥!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...