Alcançando o peso ideal... Transformando um sonho em realidade ;)

"O sucesso é a soma de pequenos esforços, repetidos dia sim e no outro também!"
Cheguei!!! Alcancei minha meta!!! Graças a Deus!
"Nunca duvide do seu potencial, você pode quando você quer, você consegue quando você luta." Eu lutei e concluí: cheguei aos 60k! 47k off!!!

Gostou? Siga você também e indique a seus amigos!

Controle de Peso

segunda-feira, 27 de junho de 2011

7 dicas

Extraído:
Email recebido do dieta e saúde

 
O que fazer: comece as refeições pela salada
Quando: no almoço ou jantar
Por que fazer: consumir alimentos com maior volume, ricos em água, fibras e com baixas calorias aumenta a saciedade e diminui a quantidade de alimentos ingeridos posteriormente. Por isso, aposte em um prato farto de verduras e legumes cozidos no início das refeições principais.


O que fazer: coma primeiro frutas
Quando: no café da manhã
Por que fazer: pular o café da manhã nem pensar. Comece o dia consumindo frutas, elas são ricas em fibras, água, vitaminas e minerais. Assim, você prepara o seu corpo para enfrentar as primeiras rotinas do dia com disposição, aumentando a sua concentração e rendimento no trabalho e estudo.

O que fazer: beba muita água
Quando: durante o dia
Por que fazer: a ingestão de água é necessária para que sejam eliminadas as substâncias tóxicas do organismo através da urina, para manter o volume sanguíneo, para evitar uma alta concentração de sais no corpo, além de repor o líquido perdido através do suor e urina. Devemos consumir cerca de 8 copos ou 2 litros de água por dia. Mas isso depende da sua alimentação? Quanto maior a ingestão de alimentos ricos em água, menor a necessidade de ingerir a bebida. Se você pratica atividade física, a necessidade aumenta. E, no calor, mais água deve ser consumida para repor o que foi perdido com o suor.

O que fazer: faça pequenos lanches
Quando: entre as refeições principais
Por que fazer: para manter o corpo em forma e o metabolismo acelerado, nada de ficar sem comer por longas horas. Tenha sempre por perto alimentos saudáveis e que valem por um pequeno lanche no meio da manhã e da tarde. Iogurtes com baixo teor de gordura, biscoito integral, barrinha de cereais e fruta são boas opções para aplacar a fome e ainda por cima manter a boa forma.

O que fazer: use um multivitamínico
Quando: uma vez ao dia
Por que fazer: o uso de multivitamínico ajuda a atingir a quantidade adequada de vitaminas em uma alimentação deficiente. Entretanto, pessoas que são preocupadas com a alimentação e optam por alimentos saudáveis também podem não conseguir atingir a quantidade ideal. Por isso, o uso de multivitamínico é válido. Além disso, já se sabe do poder das vitaminas na prevenção de doenças como as cardiovasculares, câncer e osteoporose.

O que fazer: consuma carboidratos
Quando: antes dos exercícios
Por que fazer: quem faz exercícios em jejum comete um erro grave, gastando um tecido nobre do corpo, os músculos. Se não há açúcar disponível, o organismo irá utilizar proteína muscular para obter energia. Para evitar esse dano, ingira uma hora antes da atividade um alimento rico em carboidratos como pão, biscoitos e frutas.

O que fazer: consuma carboidratos e proteínas
Quando: depois da atividade física
Por que fazer: logo após a prática de exercício é importante repor a glicose e oferecer proteínas ao organismo para a construção de músculos. Arroz, batata, pão, macarrão, legumes, frutas são exemplos de alimentos ricos em carboidratos. Já, as proteínas estão presentes nas carnes, leguminosas (feijão, grão de bico, soja), leite e derivados dele.
Fonte:
http://www.minhavida.com.br/



sexta-feira, 24 de junho de 2011

Elimine os inchaços

Extraído de:
Você tem muita retenção de líquido e flatulência? Se sente gorda mesmo comendo pouco? Fique calma que seu problema tem solução. A retenção de líquidos é caracterizada pelo acúmulo excessivo e anormal de água entre as células do organismo. Quando esse líquido não é eliminado através da urina, causa inchaço principalmente na barriga, pés, mãos, coxas, tornozelos e mamas.
“Na maioria das vezes a retenção ocorre pelo excesso de peso, falta de atividade física, má alimentação, problemas na detoxificação, contaminação de metais pesados e excesso de xenobióticos no organismo. A nutrição funcional e celular pode ajudar na reestruturação e equilíbrio do corpo”, explica a nutricionista Andrezza Botelho.
De acordo com a nutricionista, o inchaço pode acarretar outros sintomas como: dor de cabeça, pressão alta, dores no peito e vista embaçada. Geralmente ocorre mais em mulheres no período pré-menstrual e menstrual. Para evitar a retenção de liquido é importante ter uma alimentação saudável e fazer sempre uma atividade física. A nutricionista elaborou algumas dicas de alimentos que podem combater o inchaço.
Os alimentos que ajudam a acabar com o inchaço são:
- Pepino, alface, abacaxi, pêra, morango e melancia, pois têm 90% de água;
- Laranja, tomate, banana e manga ajudam a desinchar pois são ricos em potássio;
- Melão, salsão, aspargo, agrião são diuréticos naturais;
- Chás diuréticos: chá verde, de carqueja ou cavalinha;
- Fibras como aveia, ameixa seca e uva, previnem a prisão de ventre;
- Folhas verde-escuras: ativam a circulação;
- Alho: diminui a pressão arterial e combate o inchaço;
- Salsa: é rica em vitaminas e minerais e ajuda a digerir os alimentos mais pesados além de atuar como diurético.
Para evitar o inchaço deve-se:
- Beber muita água: a água estimula os rins, melhora a circulação e elimina as toxinas;
- Hidratar o corpo: cosméticos relaxantes ativam a circulação;
- Fazer exercícios: é aconselhável a prática de exercícios físicos, como caminhadas diárias;
- Diminuir o consumo de sal nas refeições, consumir cereais, fibras e frutas com maior teor de água, como a melancia e o melão;
- Evite alimentos ricos em sódio, pois estes contribuem para a retenção de líquidos.
Fonte: 

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Drenagem

Ajude-se com drenagem linfática. Vi meu corpo mudar, apenas associando a drenagem com dieta balanceada!
..................
Extraído de: 
A drenagem linfática é uma técnica de massagem que trabalha o sistema linfático, estimulando-o a trabalhar de forma rápida, para acelerar o processo de retirada dos líquidos acumulados entre as células e dos resíduos metabólicos. Essa técnica também estimula a regeneração dos tecidos, melhora o sistema imunitário, é relaxante e tranqüilizante, combate a celulite e a gordura localizada e ainda melhora a ação antiinflamatória do organismo.
É importante saber que essa técnica é contra-indicada para pessoas com infecções agudas, insuficiência cardíaca, trombose,  hipertensão,  câncer,  asma brônquica  e bronquite asmática.
Fonte:
http://www.brasilescola.com/saude/drenagem-linfatica.htm  

sexta-feira, 17 de junho de 2011

Parábola dos Dois Remos

“Um viajante ia caminhando às margens de um grande rio e queria chegar à outra margem. Suspirou profundamente enquanto tentava fixar o olhar no horizonte quando ouviu a voz de um homem de idade, um barqueiro, que quebrou o silêncio, oferecendo-se para transportá-lo. O pequeno barco envelhecido era provido de dois remos de carvalho. Logo os seus olhos perceberam o que pareciam ser letras em cada remo. Ao colocar os pés dentro do barco o viajante observou que eram duas palavras. Num dos remos estava escrito Acreditar, e no outro Agir.
Curioso, o viajante perguntou a razão daquelas palavras nos remos. O barqueiro então pegou o remo chamado “Acreditar” e começou a remar. O barco começou a dar voltas, sem sair do lugar em que estava. Em seguida, pegou o remo chamado “Agir” e começou a remar, e novamente o barco girou em sentido oposto sem ir adiante. Finalmente o velho barqueiro, segurando os dois remos, remou com eles simultaneamente e o barco, então, impulsionado por ambos os lados, navegou através das águas chegando ao outro lado do rio. O barqueiro então disse ao viajante:
- Este porto se chama Autoconfiança. É preciso Acreditar e também Agir para que possamos alcançá-lo.”
***
Ao ler esta parábola, chamada de “Parábola dos Dois Remos”, me lembrei do que vejo acontecer o tempo todo: ficamos sempre esperando. Isso mesmo, esperando que o sonho se realize da noite para o dia, sem esforços. Assim, só estamos remando com o remo “acreditar”, damos voltas e mais voltas e não saímos do lugar. É preciso remar também com o remo “agir”.
Mas como agir, quando o assunto é emagrecimento? Bem, comprovei que o mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia, a ação propriamente, afinal “só o que está morto não muda!” Outra boa maneira de agir é estabelecer metas. Sim, metas! Para qualquer coisa que você queira muito, seja o que for, podem ser estabelecidas metas. Não se esqueça que para cada meta existe um prazo! Depois, avalie o resultado, verifique as faltas e as sobras, pense: o que aconteceu? O que poderia ter feito diferente? Me esforcei o suficiente? O que posso deixar ou incrementar?
É claro que essas metas devem ser alcançáveis. Não adianta nada estabelecer metas exageradas, pois elas, provavelmente, te frustrarão. Estabelecendo metas e cumprindo os prazos, você estará com os dois remos nas mãos, e terá mais chances de mover seu barquinho pra onde você quiser.

By PRosa;)

terça-feira, 14 de junho de 2011

Excesso de Peso na Gravidez

(Especialmente para K. Tonin...)
http://www.anutricionista.com/publique-nossos-artigos-alimentacao

Olá!
Realmente a gravidez é um momento mágico de muitas mudanças e que vale a pena ficar informada para poder curtir cada momento com muita serenidade. Faz bem pra toda família e muito bem para o bebê.
Quem está planejando ter um filho, mas está com excesso de peso, o melhor há fazer é tentar perder os quilos em excesso para garantir uma gravidez mais tranquila. Já as gravidinhas que estão acima do peso devem  equilibrar as quantidades dos alimentos para evitar maior ganho de peso. Para qualquer mulher grávida os alimentos mais leves e saudáveis são sempre a melhor escolha.
As refeições devem ser fracionadas em três principais (café  da manhã, almoço e jantar) e três pequenos lanches leves (lanche da manhã, lanche da tarde e ceia), que pode ser uma fruta ou iogurte ou queijo magro com torradas integrais.
O apetite aumenta naturalmente com todo o processo da gestação, por isso as escolhas corretas dos alimentos são de fundamental importância para garantir os nutrientes necessários para a formação do bebê.
Faça opção por carnes magras (grelhadas, cozidas ou assadas), queijos brancos, iogurtes, leite, frutas, legumes, leguminosas, verduras, sucos de frutas naturais, carboidratos integrais (arroz, pães, macarrão, cereais e farinhas), tome de 8 a 10 copos de água no decorrer do dia, mas evite líquidos durante as refeições e use sal com moderação.
Passe longe de frituras, gorduras, doces recheados, refrigerantes. Quando bater aquela vontade por doces, opte por saladas de frutas, gelatinas com frutas, picolé de frutas, barrinha de cereais com chocolate meio amargo, uma colher de sobremesa de doce caseiro de banana, abóbora, mamão, tudo claro, com moderação.
Antes de ir ao supermercado faça a lista dos alimentos que você precisa e nunca vá fazer as compras com fome, pois as guloseimas nas prateleiras costumam ficar parecendo bem mais atraentes do que realmente são, e fica mais difícil resistir.
Pratique alguma atividade física com acompanhamento profissional, hidroginástica ou caminhadas em lugares planos com tênis e roupas adequadas são boas opções.
O aumento de peso durante a gravidez deve ser gradativo. Para uma gestante com o peso normal o recomendável é que ganhe entre 9 a 12 quilos em média, já as que estão com excesso de peso o mínimo seria o mais indicado, apenas o necessário para garantir o bom desenvolvimento do bebê, sem “quilinhos” extras.
Alguns suplementos como cálcio, ferro e ácido fólico poderão ser necessários, de acordo com hábitos e necessidades de cada uma, como por exemplo, mulheres vegetarianas ou com intolerância a lactose ou até mesmo por conduta  médica.
O ácido fólico ou folacina é uma vitamina  essencial para prevenir má formação congênita, sua deficiência no organismo pode causar a má formação do tubo neural. O ácido fólico pode ser encontrado em vários alimentos como, feijões, fígado, carnes magras, pão de trigo integral, verduras verdes escuras como o espinafre, brócolis e aspargos. Portanto uma alimentação balanceada deve começar de preferência antes da gravidez.
Com todos esses cuidados com a alimentação e o controle do peso, alguns transtornos podem ser evitados durante a gravidez, tais como:
Hipertensão Arterial podendo levar a um quadro de pré-eclâmpsia, dislipidemias (alteração do colesterol ruim), diabetes gestacional, dores nas costas, dificuldades para a realização de parto natural, e no caso de cesariana, dificuldades do anestesista em ultrapassar a camada adiposa, tendo as vezes que optar por anestesia geral.
Portanto é fundamental um bom pré-natal e acompanhamento nutricional, garantindo assim informações e ações importantes para a saúde das futuras mamães e seus bebês.
Boa Sorte!
Fonte:  ANutricionista.Com - Giovana de Mattos Labella - CRN3 8376 - Nutricionista em São José do Rio Preto.

quinta-feira, 9 de junho de 2011

5 chás que derretem a gordura


cha 5 chás que derretem a gordura 
http://www.mundodastribos.com/5-chas-que-derretem-a-gordura.html  
Com esse frio dá até preguiça de sair de casa! O que queremos mesmo é ficar em casa, deitada no sofá, vendo televisão e para completar: uma deliciosa bebida quente.
Quentes, mornos ou frios, os chás são ótimos aliados para quem precisa eliminar o inchaço e perder peso. As infusões instantâneas têm um maravilhoso resultado nos programas de emagrecimento.
E para dar um “empurrãozinho” para quem deseja emagrecer, segue 5 opções de chás que ajudam a derreter a gordura.
1. Chá de hibisco: Ele ajuda a reduzir a gordura e a retenção de líquidos. Combate os radicais livres, protegendo a pele do envelhecimento precoce. Esse chá deve ser usado 4 vezes ao dia, entre as refeições. Ele é vendido na versão desidratada, em lojas do ramo, ou sache.
Modo de preparo: Ferva 1 litro de água e coloque 1 colher de sopa de hibisco. Ferva por mais 5 minutos, coe e tome.
2. Chá branco: Ele elimina o inchaço e reduz a absorção da gordura dos alimentos. Diminui o colesterol ruim (LDL) e fortalece veias e artérias. Ele pode ser encontrado em forma de erva a granel, sache ou pó. O efeito da versão instantânea é suave, porém, é mais prática.
Modo de preparo: Dissolva o pó na água. Tome quatro xícaras ao longo do dia. Evite tomá-lo durante as refeições.
3. Chá vermelho: Esse tem o poder da vitamina C. Combate o inchaço, diminui a fome e queima calorias. É rico em vitamina C, sais minerais e cafeína, o que ajuda a acelerar o metabolismo e a perda de peso. Esse chá está disponível em cápsula, pó solúvel e erva seca para infusão. Para ajudar a potencializar o seu efeito emagrecedor, tome cerca de 4 xícaras por dia.
Evite ingerir à noite: por ser rico em cafeína, esse chá pode atrapalhar o sono. Ele não deve ser tomado por gestantes e por pessoas com gastrite ou arritmia cardíaca.
4. Dente de leão: Esse chá tem ação diurética, diminuindo a retenção de líquido. Ele também melhora o funcionamento do intestino. O chá deve ser tomado de 3 a 4 vezes por dia, meio copo antes de cada uma das refeições. No fim do dia o dente de leão prolonga a sensação de saciedade, combatendo a fome noturna.
Modo de preparo: Ferva 2 copos de água, e quando estiver em ebulição, adicione um punhado de dente de leão. Deixe em fogo baixo por cinco minutos, coe e tome ainda quente.
5. Chá de alecrim: O alecrim ajuda no funcionamento do sistema digestivo e, de quebra, seca a gordura da barriga. Beba-o antes das  refeições.
Modo de preparo: Ferva 1 litro de água e acrescente 2 colheres de sopa do alecrim. Ao desligar o fogo, abafe a mistura por cinco minutos, coe e baba quente, morno ou frio.

 

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Que haja transformação, e que comece comigo!!!


“É uma mentira pensar que não sou boa o bastante; é uma mentira pensar que não valho nada; eu caí e estou sem forças pra levantar, mas não vou desistir; vou tentar de novo e de novo e de novo...”


Tem hora que a gente acha que não vai agüentar, né?! Dá vontade de comer tudo que vê pela frente. Eu me imaginava como “uma grande porquinha comendo vorazmente no curral"(!) Satisfeita essa “insanidade momentânea”, eis que chega a frustração! Dá vontade de chorar, de sumir, de nunca mais comer... tudo é comida: cinema = pipoca; calor = sorvete; inverno = chocolate quente; aniversário = “ ♪ bolo, guaraná, muitos doces pra você... ”; sábado e domingo = feijoada, macarronada, pizza, sanduíches, ...  
E então, desisto? É muito mais fácil!
Vou comer até explodir? Ninguém, de verdade, explode por comer, isso só acontece em desenho animado! 
Mas... e o que realmente quero? Continuar gorda, lenta, chorona, chata, sempre cansada, excluída e me lamentando... ou Ser magra, com saúde, com auto-estima elevada, amada, admirada, respeitada???
De quem é a decisão? Só quando partiu de mim (quando partir de você) é que me tornei dona das minhas transformações! O emagrecimento é meu, sou a responsável por mim, tem que partir de mim!
Posso fazer sozinha, mas também posso ser ajudada (nem Adão viveu sozinho). Quando tomei a decisão, senti a necessidade de emagrecer, procurei ajuda... e como está valendo à pena!!! 
Nesse fim de semana fui a 16ª Festa do Imigrante, no Memorial do Imigrante-SP. Tinha pratos típicos, doces, salgados e bebidas de várias partes do mundo. Comi, não fiquei com fome, não tive desejos. Pensei, é claro “ah se fosse uns tempos atrás, estaria estufada de tanto provar um pouquinho daqui e dali..., rs”. Resisti? Sim!!!
Estou aprendendo a me alimentar muito bem e entendo, agora, que reeducação alimentar é um hábito de vida. Por isso, fiz boas escolhas, me concentrei no meu objetivo! Lembrei do esforço, da ansiedade, da dor e da alegria de cada kilo eliminado, porque não quero encontrá-los, nunca mais!
By PRosa;)

sábado, 4 de junho de 2011

Alimente-se bem, mesmo não estando em casa!

Dicas de como evitar as tentações alimentares nas festas, passeios, viagens, cinema...
A solução não é fugir das tentações nem se entregar e sim aprender a comer em todas as situações sem sair da boa alimentação. Em muitos restaurantes somos obrigados a sair um pouquinho da dieta por falta de opção de alimentos saudáveis. Porém, em qualquer tipo de restaurante ou situação é possível evitar excessos. Basta conhecer as alternativas saudáveis de cada um deles e resistir às tentações.  
EM RESTAURANTES
Churrascaria: Dê preferência às carnes magras, como filé mignon, alcatra, maminha ou carnes brancas como frango e peru. Para acompanhar escolha arroz branco, mandioca ou batata cozida e saladas, muitas saladas. Para couvert, escolha talos de salsão e erva-doce, cenoura e pepino em palitos. Na sobremesa, salada de fruta sem chantilly. Se for sorvete apenas o picolé de fruta.
Pizzaria: Satisfaça-se com 2 pedaços de pizza, que tenham como cobertura escarola, alho, brócolis, agrião, mussarela de búfula, queijo branco ou ricota.
Japonês: Abuse do missoshiro, shimeji, shitake, guioza cozido, sushi e sashimi.
Árabe: Ceda à tentação do michui de frango ou carne, esfiha, quibe assado. Cuidado com o recheio, geralmente contém muita manteiga. Um pouco de coalhada seca para acompanhar é uma boa pedida.
Cuidado com os pratos que levam tahine (pasta feita de gergelim muito calórica), como homus e babaganuche.
Self-Service: Comece pelas saladas cruas e em folhas. Escolha uma carne grelhada ou assada, sem molhos. Para acompanhar legumes refogados com um alimento de cada uma das seguintes opções: 
1- arroz, batata cozida, mandioca cozida, milho verde, purês, farofa ou macarrão ao sugo e;  
2- feijão, ervilha, lentilha, grão-de-bico ou soja.
Italiano: Dispense os antepastos. Escolha massas sem recheio, como espaguete, talharim, rigatoni, fusili, penne e peça um molho de tomates simples (ao sugo) ou um molho à primavera (à base de legumes). Evite molho branco e molho de queijo, pois geralmente são feitos com creme de leite e queijos muito gordurosos. O molho carbonara também deve ser evitado, pois um dos seus ingredientes é o bacon que tem muita gordura. Uma salada de entrada é sempre bem vinda.
Chinês: Cuidado! Quase todas as preparações são muito gordurosas. Peça yakissoba de legumes, arroz chinês, carne desfiada com broto de bambu e outros vegetais como o brócolis.
Português: Primeiro: peça que seu prato seja preparado sem azeite! Experimente bacalhau na brasa, pargo assado, batatas aos murros, arroz de tomate, acorda e caldo verde.
Lanchonete: Peça seu lanche sem maionese e com molhos à parte, para que você possa dosar a quantidade. Prefira pão integral, pão sírio, pão de hot-dog ou pão francês. Escolha entre estes ingredientes para o preparo do seu lanche: queijo branco, ricota ou cottage, presunto de peru ou frango, blanquet de peru ou frango, salsicha de peru ou frango, peito defumado de peru ou frango, hambúrguer assado, alface e tomate. Escolha suco em vez de refrigerante.

EM OUTRAS SITUAÇÕES
Em viagens de avião: Contate a companhia aérea com antecedência para solicitar a refeição especial.
Em aniversários, casamentos e coquetéis: Não saia de casa com fome para não “atacar” as bandejas. Resista aos queijos amarelos e frios à base de carne de porco. Procure por queijos como ricota, queijo branco e mussarela de búfula, assim como frios à base de frango e peru. Se houver salgadinhos, opte pelos assados, como esfiha, empadas e pãezinhos com patês de queijo branco ou ricota com ervas. Desligue-se das frituras e empanados que, apesar de assados, levam muita manteiga na massa.
No barzinho: No encontro com amigos em alguma casa noturna resista aos petiscos mais gordurosos. Evite batata frita e provolone à milanesa. Peça uma porção de queijo branco ou mussarela de búfula temperada com ervas, palmito, champignon ou batatinhas cozidas temperadas com pouco vinagrete.
Na praia: As opções mais saudáveis são picolés de frutas, milho verde, água de coco e alguns sucos. Além de água, muita água. Evite porções de peixe frito e queijos à milanesa.
No cinema: A vontade irresistível de atacar a pipoca, chocolates, balas e doces pode ser resolvida com uma barra de cereal light. Evite a pipoca, principalmente com sabor de manteiga ou margarina.
No trabalho: Programe um lanche para o meio da tarde com iogurte de frutas dietético, fruta ou suco natural, bolachas de água e sal ou barra de cereais light (e divida esse lanche em duas etapas, assim você terá duas oportunidades de se alimentar entre o almoço e o jantar!). 
Ok. Mas você vai dizer ou pensar, como eu também já fiz um dia: "tá tudo isso eu já sei, mas o difícil é resistir às tentações". Então, o que eu faço? 
Me concentro no meu objetivo e não na beleza dos pratos que enche "os olhos do estômago" e a boca de água! 
·         Procuro dentre “as opções mais saudáveis" a que mais se assemelha ao que me é permitido comer, dando preferência aos assados, grelhados, sopas, frutas e se disponível ao light, diet, zero açúcar, integral, etc.
·         Penso: "Se nunca comi, então não conheço o gosto e posso esperar mais um pouco pra conhecer; hei de ter outra oportunidade!"; "se já comi, sei como é, se é bom ou não é e então, não tem porque ficar  com vontade".
·         Se não me agüento de vontade, como algo que me desvie a atenção. Por exemplo, se vejo alguém comendo salgadinho: a crocância, o cheiro, o prazer do outro comendo me dá vontade também, então é a hora exata de procurar por aquele pacote escondido de rosquinhas light e integral que posso comer até 5 unidades ao dia, desde que seja substituto de um dos lanches.
·         Se ainda assim estou quase cometendo “um ato ilícito na minha dieta”, então é a hora exata de circular. Vou caminhar, respirar, conversar... mas se pra você for impossível, você precisa disso, tanto quanto sua vida, então... prove o que tanto está te tentando!!! Só não se esqueça do tamanho da porção!
 
LEMBRE-SE: A MÃO QUE LEVA COMIDA À SUA BOCA, É A SUA MÃO!!!
(geralmente). 
By PRosa;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...