Alcançando o peso ideal... Transformando um sonho em realidade ;)

"O sucesso é a soma de pequenos esforços, repetidos dia sim e no outro também!"
Cheguei!!! Alcancei minha meta!!! Graças a Deus!
"Nunca duvide do seu potencial, você pode quando você quer, você consegue quando você luta." Eu lutei e concluí: cheguei aos 60k! 47k off!!!

Gostou? Siga você também e indique a seus amigos!

Controle de Peso

sábado, 28 de janeiro de 2012

Maus hábitos modernos...

É evidente que nem precisaríamos de dados numéricos para nos dar conta da epidemia de obesidade, que é um fenômeno atual. Basta olhar álbuns de fotografia e assistir a filmes antigos para verificar que nas ruas das cidades quase não havia mulheres, e os homens eram magros.
Há 50 anos, eram poucas as mulheres no mercado de trabalho, e a divisão de responsabilidades era clara: ficavam (e ainda ficam, na maioria das sociedades) a seu encargo os cuidados com a casa e a família, já os homens tinham como tarefa central prover o sustento do lar.
Além disso, como as técnicas de produção, armazenamento e distribuição de alimentos eram rudimentares em comparação com as de hoje, a alimentação era proporcionalmente mais cara do que atualmente e consumia boa parte do orçamento doméstico.
Esses fatores, aliados à existência de poucos restaurantes e casas de lanches a preços acessíveis, obrigavam a família a fazer as refeições em casa: arroz, feijão, salada, legumes e um bife pequeno - a base da dieta brasileira.
Ao ir e vir para casa, numa época em que o automóvel era inacessível à classe média e a eletrônica não fazia parte da rotina de ninguém, não havia alternativa senão percorrer longas distâncias a pé, pegar ônibus e bondes, carregar compras e subir escadarias.
O gasto obrigatório de energia na execução dessas tarefas, combinado às refeições, preparadas artesanalmente pela mulher, criava barreiras à disseminação da obesidade.
Não que inexistissem pessoas obesas, mas seu número era limitado aos herdeiros de genes desfavoráveis, capazes de aumentar muito a probabilidade de acumular gordura no corpo.
A partir da segunda metade do século XX, ocorreram mudanças sem paralelo no estilo de vida da população: os habitantes da zona rural migraram em massa para as cidades; as mulheres conquistaram cada vez mais espaço no mercado de trabalho; a eletrônica invadiu o cotidiano; o fluxo de informações adquiriu velocidade vertiginosa, com enorme impacto na divulgação de novos costumes; o automóvel tomou conta das ruas; e os avanços tecnológicos proporcionaram conforto e facilidades diárias jamais sonhadas por nossos avós.
Como conseqüência da fartura e da tecnologia, grande parte das pessoas, em todo o mundo, passou a comer mais e a andar cada vez menos.
Não há exemplo na história de uma época em que tantos tiveram acesso tão fácil a alimentos de alto teor calórico, à custa de tão pouco esforço físico.

Fonte: "Obesidade e Nutrição" (Coleção Dr. Drauzio Varela - Editora Gold)


quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Dia da Gula!!!

Quem diria que um dos pecados capitais teria um dia inteirinho para ele, não é mesmo?! Hoje, 26 de janeiro, é o Dia da Gula. Hummm... No dia-a-dia tem sempre aquela guloseima a qual não conseguimos resistir. Olho grande ou não, a tentação é grande! Mas, isso não é desculpa para fugir da dieta, hein?! É um sinal para você parar para pensar e tomar uma atitude efetiva para chegar ao seu objetivo...
De acordo com o Dicionário Aurélio, a gula é o excesso na comida e na bebida, além de apego excessivo a boas iguarias. Na bíblia, ela é considerada um dos sete pecados capitais. Então, use de temperança neste dia e esqueça-o por completo: “Não sejas ávido em banquete algum, e não te lances sobre todos os pratos. Pois em muita comida entra a doença, e a intemperança conduz à cólica. Pela gula insaciável muitos perecem; quem, porém, é sóbrio, prolonga a vida.” (Bíblia Católica – Eclesiástico 37, 32-34)

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

O mundo em epidemia...

Já que colocam fotos de gente morta nos maços de cigarros, por que não colocar também: - de gente obesa em pacotes de batata frita, potes de sorvete, garrafas de refrigerantes, etc.? Tá, existe uma grande diferença... sabemos que o cigarro possui substâncias viciantes que não são encontradas nesses alimentos, o que, nesse caso, causa a obesidade nas pessoas que os consome, é a frequência e o exagero das próprias pessoas.
Os obesos precisam, sim, além de tratamento, se policiar, mas a obesidade não vem apenas dos maus hábitos, do sedentarismo ou genética, mas também do bombardeio da publicidade de alimentos, uma vez que as pessoas são sensíveis à publicidade e comer, é um ato prazeroso que pode sair do controle.
Porém (Yes, sempre existe um porém, rs), a obesidade, hoje, deve ser tratada como uma verdadeira epidemia, e não só no Brasil, mas em todo o mundo. E se as fotos nos maços de cigarros servem para chocar e alertar, então...?
Parece estranho falar em epidemia, para ressaltar o problema da obesidade, isso porque estamos habituados a empregar esse termo somente quando nos referimos a doenças infecciosas.
Até a segunda metade do século XX, a desnutrição era um de nossos grandes problemas de saúde pública; hoje, o triste problema persiste e, ironicamente, tem um companheiro oposto e à altura: a obesidade também é um grande problema de saúde pública, no mundo!
Se repararmos nas pessoas que passam por nós, nas ruas, notaremos uma grande parte delas com excesso de peso e outras nitidamente obesas.
Só no Brasil, milhões de pessoas deveriam perder peso para evitar as principais complicações da obesidade:
•    Pressão alta.
•    Diabetes.
•    Ataque cardíaco.
•    Derrame cerebral.
•    Artrites
•    Elevação dos níveis de colesterol e de triglicérides.
•    Dificuldades respiratórias
•    Certos tipos de câncer
(Graças a Deus, dessas complicações, a única coisa que tive foi dificuldade respiratória).
A obesidade é notável nas cidades, grandes e pequenas, nas capitais e no interior, nos bairros ricos e pobres e até no campo. O peso médio da população aumentou, assustadoramente, nos últimos anos e não é difícil entender o fenômeno, devido as facilidades da vida moderna...
Aliás, isso será o tema do próximo post!




quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Não Espere Ajuda De Fora. Faça Você Mesmo!

Um cavalo caiu no fundo de um poço. Seu dono, um fazendeiro, vendo a impossibilidade de retirá-lo de lá, ordenou aos seus empregados que jogassem terra no poço para enterrar o cavalo de vez e acabar com seu sofrimento.
Assim foi feito. Os empregados começaram a jogar terra para dentro do buraco, de forma a cobrir o cavalo. Mas, à medida que ela caía em seu dorso, o animal a sacudia e a terra ia se acumulando no fundo, possibilitando ao cavalo ir subindo. Logo, os homens perceberam que o cavalo não se deixava enterrar, pelo contrário, ia subindo à medida que a terra enchia o poço, até que finalmente conseguiu sair.
Ao saber do caso, o fazendeiro ficou muito satisfeito, e o cavalo viveu ainda muitos anos em sua companhia...
***
Em nossa vida, existem situações nas quais nos sentimos como esse cavalo, no fundo do poço. Tudo vai depender de não nos deixarmos vencer, lutando para sair da dificuldade.
Se você estiver "lá embaixo", sentindo-se pouco valorizado, quando, certos de seu "desaparecimento", os outros jogarem sobre você a terra da incompreensão, da falta de oportunidade e de apoio, lembre-se do cavalo desta história. Não aceite a terra que jogaram sobre você, sacuda-a e suba sobre ela.
E saiba que, quanto mais jogarem, mais você vai subir, subir e subir....
Nunca perca de vista a saída que você deseja alcançar e esforce-se para não se deixar vencer pelos tropeços do caminho. Quando você estiver no fundo do poço, a maior força e ajuda de que necessita estão dentro de você. Use-as com sabedoria.

sábado, 7 de janeiro de 2012

Caminhada, rumo ao Cristo Redentor!

Atividade física de hoje, cumprida!

Fui com mais 6 pessoas, mas não pela trilha do Parque Lage, fomos pelo caminho das vans, pelo bairro das Laranjeiras e Cosme Velho.  Aproveitamos para conhecer os casarões em estilo neocolonial do pitoresco Largo do Boticário. Algumas casas do largo estão abandonadas e foram tomadas por sem-tetos. Outras, ficam em uma parte fechada e mais reservada, em uma delas havia uma herdeira da herdeira, contando a história do local e deixando as pessoas visitarem a “enorme e singela” casa (que um dia foi uma suntuosa mini mansão), com o fundo de quintal aberto para a Mata Atlântica.
A subida é tranqüila, embora não tenha sido desenvolvida para pedestres, já que na maior parte do trecho não há calçada. Estima-se até 3h de subida, isso porque depende muito do ritmo da caminhada e do preparo das pessoas com quem está. A trilha pelo parque Lage, dispõe até de guia e não é difícil, mas uma parte tem que subir puxando uma corda e, por isso mesmo, é melhor ir em grupo onde um ajuda o outro. Em ambos os caminhos, leve água, frutas e barrinhas de cereais, descanse e aproveite o pedacinho de Mata Atlântica.
Mesmo subindo a pé, não dá para chegar à estátua do Cristo sem pagar. A bilheteria cobrou R$26,50 e você conclui os últimos 2 Km da subida de van! Lá, há elevador,  escada rolante e fixa, além de muito tumulto para conseguir uma bela fotografia com  as mais belas paisagens ao fundo. Espere um dia de céu aberto, leve sua máquina fotográfica e desfrute! 

A propósito, subi no maior pique e com energia para doar!
Hoje, faz um ano que comecei o tratamento contra obesidade...

 *Postagem do dia 06/01 e atualizada em 26/01.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Emagrecer sem ter medo de ser feliz!


Para um novo começo... faça hoje mesmo!;)
“Se existir uma boa receita psicológica para o emagrecimento ser uma das melhores fases da vida de uma pessoa, acredito que é assim:

Emagrecendo Feliz

Ingredientes:

·         Muita coragem
·         Determinação
·         Objetividade
·         Autoconfiança
·         Paciência
·         Tolerância
·         Honestidade

·         Força de vontade
·         Sensatez
·         Livre arbítrio
·         Sensibilidade
·         Apoio familiar
·         Amigos leais
·         Amor verdadeiro
·         Orientação idônea
Modo de Preparo:
Em uma louça especial da sua história de vida, coloque os ingredientes, um a um.
Com o entusiasmo da criança que existe em você, mexa tudo lentamente.
Leve ao fogo do seu coração, que aquece seus desejos, por um tempo que lhe pareça razoável. Não esqueça que apenas você provará desta delícia, portanto o tempo deverá ser o que mais se aproxima ao seu paladar.
Enquanto estiver "misturando" os ingredientes, pense apenas no que lhe acontecerá de bom quando puder saborear desta receita. Muita satisfação, bem-estar, vitórias, conquistas e sucesso devem fazer parte destes pensamentos.
Quando estiver no "ponto" retire do aquecimento.
Coloque esta vitamina no pote da sua vida.
Sirva-se.
Ingira, vagarosamente, saboreando cada gole com muita satisfação.
Se quiser, pode ser adicionado uma certa dose de alegria e bom humor.
Esta receita é indicada para todos aqueles que acreditam e confiam na força do "bem se querer".
Atenção: Se você tiver a metade dos ingredientes necessários para esta vitamina, vale a pena experimentá-la”.

Fonte: Cyberdiet



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...