Alcançando o peso ideal... Transformando um sonho em realidade ;)

"O sucesso é a soma de pequenos esforços, repetidos dia sim e no outro também!"
Cheguei!!! Alcancei minha meta!!! Graças a Deus!
"Nunca duvide do seu potencial, você pode quando você quer, você consegue quando você luta." Eu lutei e concluí: cheguei aos 60k! 47k off!!!

Gostou? Siga você também e indique a seus amigos!

Controle de Peso

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Diet x light

Principalmente pra quem vai começar uma dieta, buscar alimentos saudáveis, diet e light, é um dos primeiros passos. Os rótulos e denominações, no entanto, geram confusões na hora da compra. No início, eu associava assim: diet = substituição de açúcar por adoçante e light = redução de gorduras ou calorias. Ficou prático para me habituar aos termos e produtos, mas não quer dizer que estava certa!
1 - O que é um produto diet?
Os produtos diet são aqueles especialmente formulados e que sofreram modificação no conteúdo de nutrientes (carboidratos, gorduras, proteínas, sódio) e açúcares adequando-os à utilização a que se destina e, ao mesmo tempo, atendendo às necessidades das pessoas que apresentam alguma necessidade específica.
Alimentos para dietas com restrição de:
- Carboidratos: no máximo, 0,5 g do carboidrato por 100 g ou 100 mL.
- Gorduras: no máximo, 0,5 g de gordura total por 100 g ou 100 mL.
- Proteínas: deve ser isento de proteína relacionada ao distúrbio. Por exemplo, pessoas portadoras de fenilcetonúria devem consumir alimentos isentos de fenilalanina. Pessoas portadoras de doença celíaca devem utilizar alimentos isentos de glúten.
- Açúcar: não devem ser adicionados açúcares no produto, mas pode conter o açúcar naturalmente presente nos ingredientes do produto. Por exemplo, uma geléia de frutas apresentará, naturalmente, a frutose (açúcar da fruta), mas para ser classificada como diet, ela não poderá acrescentar açúcares (por exemplo, sacarose).
Além desses alimentos, os que são formulados para o controle de peso como, por exemplo, shakes, também podem receber a designação de diet se atenderem as recomendações feitas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA).
2 - O que é um produto light?
Para a classificação do alimento light é necessário um alimento de comparação. O alimento será definido como light quando apresentar uma diferença mínima, para menos, de 25% no valor energético ou de nutrientes em relação ao alimento comparado.
Além do método comparativo, é possível classificar o alimento como light de acordo com os valores absolutos. Por exemplo:
·         Para a quantidade de calorias:
Alimento sólido: no máximo, 40 calorias por 100 g do alimento.
Alimento líquido: no máximo, 20 calorias por 100 mL do alimento.
·         Para a quantidade de gorduras totais:
Alimento sólido: máximo de 3 g de gorduras por 100 g do alimento.
Alimento líquido: máximo de 1,5 g de gorduras por 100 mL do alimento.
Para cada nutriente há os valores limites de classificação. Os dois valores acima são exemplos. Não é necessário que todos os nutrientes ou valor calórico sejam atingidos ao mesmo tempo. Se um for atingido, o alimento já pode ser classificado como light.

Geralmente o alimento diet é desenvolvido para atender pessoas com alguma necessidade metabólica. Mas, tanto o alimento light quanto o alimento diet devem ser consumidos de acordo com a necessidade individual.
A designação light ou diet pode ser em decorrência a restrição de algum nutriente e não da quantidade de calorias. Por isso, é importante ler o rótulo e verificar se o alimento irá atender às suas necessidades.
*Não existe nenhuma proibição em relação aos alimentos diet e light, até mesmo em relação à utilização de adoçantes. Porém, como é possível ter uma alimentação equilibrada sem a utilização de adoçantes, é recomendável às gestantes e crianças que os consumam em pequenas quantidades, evitando fazer o uso diário.

By PRosa;)
Inspirado em: Food Notes


segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Após 60 dias...

“Só as pessoas de valor lutam contra os obstáculos, em busca da felicidade”.

Ééééé, agradeço a Deus por decepcionar àqueles que acharam que eu não ia agüentar! rsrsrs

Pois é, sessenta dias se passaram após minha alta médica e mantenho os 60K, yes!!!

Até me dei o prazer momentâneo do “descontrole de comer tranqueiras”...  passei mal e tive a surpreendente descoberta: intoxicação alimentar! Por quê? Intolerância a refrigerante, chocolate e açúcar, kkkk.

E aí? Tô feliz!!! Posso comer, só não posso abusar desses alimentos! Que surpresa maravilhosa é ser magra e saudável, rs. Meu organismo até se dá o luxo de rejeitar o que é supérfluo!

By PRosa;) 

domingo, 27 de novembro de 2011

Iogurte - alimento para uma boa qualidade de vida

Indicado para ser consumido diariamente, o iogurte é um alimento funcional, que inserido em uma dieta balanceada, colabora na busca por qualidade de vida e saúde. Entre os benefícios deste alimento, estão a atuação na eliminação de gordura corporal, ganho de músculos, prevenção de algumas doenças, fortalecimento dos ossos e até desintoxicação do corpo após comilança exagerada em festas de fim de ano, por exemplo.
Saúde em foco - Aposte no consumo de um copo diário de iogurte. Uma porção de iogurte apresenta mais de 6 milhões de bactérias probióticas, o que faz deste alimento um poderoso aliado no equilíbrio da flora intestinal, capaz de auxiliar na absorção de nutrientes e prevenir infecções causadas por fungos. O resultado é um intestino regulado e uma pele mais viçosa. Estes benefícios foram apontados no best-seller A Dieta Perricone, livro do médico Nicholas Perricone , que ainda comenta os benefícios do iogurte na diminuição dos riscos de câncer e controle do colesterol. Além disso, pesquisadores japoneses publicaram no “Journal of Periodontology” um estudo apontando que quem consome 55 miligramas ou mais de iogurte por dia garante mais saúde para as gengivas, já que o alimento previne doenças periodontais.
Festas de fim de ano - É comum acontecerem exageros alimentares nas festas de fim de ano. A fartura na mesa acaba seduzindo e o olho se torna maior que a boca. O iogurte é recomendado para uma desintoxicação no corpo após excessos cometidos à mesa por ser leve e nutritivo, além de reforçar a flora intestinal.
Aliado no emagrecimento - Adeptos de dietas e atletas já conhecem os benefícios oferecidos pelo iogurte. Uma garrafinha de 180 ml contém aproximadamente 400 mg de cálcio, quase metade da quantidade diária necessária para manter o gene da obesidade adormecido. Se o corpo não obtiver cálcio suficiente ele armazena gordura mais facilmente, diz estudo publicado no livro Power Eating. O iogurte também possui de 8 a 10 gramas de proteína, o que de acordo com o livro ajuda a saciar o apetite e ativar o hormônio leptina, responsável pela queima de calorias.
Em um estudo feito pela Universidade do Tennessee, pessoas que consumiram 180ml de iogurte diariamente queimaram 81% a mais de gordura abdominal do que outro grupo que consumiu uma variedade de produtos derivados do leite com menos cálcio.
Músculos de aço - Além de ser um aliado no emagrecimento, iogurte ajuda a ganhar massa muscular. Um estudo feito pela Miami Research Associates diz que a combinação de proteínas e carboidratos torna-o uma excelente opção para recuperação muscular após um treino intenso. É recomendada a versão light acompanhada de frutas ou cereais. Os carboidratos desses alimentos aumentam os níveis de insulina no sangue e auxiliam na recuperação muscular. Aliado à proteína do leite, ajuda a impedir o catabolismo, ação que ocorre quando o corpo queima massa para recuperar-se após o exercício. Com isso, há um aumento de massa magra e eliminação de gordura.

Lá vem e lá vai, de novo



Faz uns dias, estou tão triste!!! É um sentimento que chega sorrateiro, se instala e se recusa a ir embora, o pior é que ele te denuncia pra todos e te expõe ao choro. Parece que quer te limpar as lágrimas acumuladas... um sentimento de luto, de perda, de saudade, de dor... muito doído! Não sei se sei explicar...
Acabei de me lembrar de alguém que me disse: “você está diante de um abismo e atrás de você está um leão. Você só tem duas escolhas... O que você faz? Você se joga no abismo ou enfrenta o leão?” Pensei rápido e quase como que sem querer, respondi e essa pessoa me elogiou. Embora não seja fácil nem rápido, tampouco é menos dolorido; você sabe, todos sabem o que é melhor pra si e só você pode fazê-lo. Tô complicando? (Quero falar mais sobre isso,  noutra ocasião).

Se já não bastassem os pequenos problemas, a vida trata de nos dar alguns maiores... Todos os dias travamos batalhas internas; tenho leões internos que tenho de matar todos os dias nessa eterna luta contra a obesidade... Peraí, menina, você agora é magra! É, mas se não lutar... É tão difícil mas, não, eu não vou  desistir... Tem dia que fico fraca, sem ânimo, sem vontade, chorona... e nem sempre é TPM. Às vezes, me sinto muito sozinha... apesar de ter amigos e pessoas que sei que me amam. Sou inteira, perfeita, tenho de tudo e me sinto assim, às vezes. É pior ao lembrar disso, mas é a verdade. Também, sentir-se bem, nem sempre, depende só de você ou disso. 
Tô chorando, agora... Tô triste sim, e daí? Estou, mas após muitas lágrimas, é incrível o que Deus faz em nós... acalmando, consolando, desviando o pensamento, nos mostrando o que fazer... Eu sei que vai passar, sempre passa... Eu não posso, não quero fraquejar. Sou "forte, jovem, bonita e inteligente"; é o que sempre escuto dos outros. Eu tive uma enorme conquista esse ano. Emagreci, com saúde.
Obrigada, Deus. Não quero ser ingrata, é só uma tristeza que vem e vai...


By PRosa;)

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Chia - a semente sensação da saúde!


Novidade nas prateleiras brasileiras, a Chia, é a semente da moda! Chia é uma semente encontrada no sul do México e muito usada pelos Astecas e Maias, principalmente, por quem precisava de força e resistência física.
Ela está sendo considerada um super alimento, funcional e nutricional, excelente fonte de fibra, com antioxidantes e minerais, e é a fonte vegetal conhecida mais rica em ácidos graxos (ômega 3). Disponível no mercado nas versões em grãos, farinha e óleo, a chia tem efeito superior ao da linhaça no papel de combater a fome e auxílio na perda de peso.
O óleo pode ser usado como tempero de saladas e pratos em geral, e a farinha ou o grão podem ser adicionados em iogurtes, vitaminas, tortas, bolos, saladas, sucos, entre outras receitas.
A porção diária recomendada equivale a uma colher de sobremesa (25 gramas). É importante não exagerar e manter sempre a dieta equilibrada, pois a chia é um tanto calórica - são 150 calorias por porção da semente, aproximadamente.
Obs.: Para “efeito tira fome”, o ideal é consumir 30 minutos antes das refeições.
ANÁLISE NUTRICIONAL/100 g de semente
·         Calorias: 595 Kcal;
·         Proteínas: 16g;
·         Carboidratos: 44g;
·         Lipídios: 31g. 
Composição da chia
                       Principais componentes são:
                       Ômega 3 - afasta as doenças cardiovasculares, coágulos, arritmias, diminui o colesterol circulante no sangue, aumenta a sensibilidade à insulina, regula a pressão dos vasos sanguíneos, fortalece o sistema neurológico, além de evitar depressão e aumentar a absorção de nutrientes;
                       Fibras - favorece o trânsito intestinal e elimina as toxinas do corpo;
                       Cálcio – (ideal para os intolerantes à lactose) evita a osteoporose e recentemente foi descoberto que ele também ajuda a queimar gordura no organismo;
                       Manganês - estimula o crescimento dos ossos e do tecido conjuntivo;
                       Magnésio - reduz a incidência da síndrome metabólica, condição que inclui o acúmulo de gordura abdominal;
                       Potássio - essencial para a contração muscular, desempenha um papel importante nas atividades físicas melhorando o ritmo de bombeamento do coração e movimento do corpo;
                       Proteína - um dos nutrientes principais que o corpo utiliza para gerar energia, sendo essencial para formação dos músculos, o qual queima mais calorias;
                       Vitamina A ­- melhora sistema imunológico e protege a pele e os olhos contra o processo de envelhecimento;
                       Antioxidantes - contra radicais livres, combatendo o envelhecimento celular e prevenindo nosso organismo contra diversas doenças, inclusive o câncer; 
                       Ferro – evita a anemia e seus efeitos como a diminuição da produtividade e habilidade cognitiva, diminuição da capacidade de aprendizado, retardamento do crescimento, apatia (morbidez) e mortalidade perinatal e da parturiente;
                       Zinco - melhora nossa imunidade, paladar, olfato e visão, além de ajudar na formação de colágeno; 
                       Cobre - facilita a absorção do ferro, é catalisador na formação da hemoglobina, melhora imunidade e ajuda na formação de elastina e colágeno.
Resumindo:
Resumindo:
A semente de Chia possui...
·         2x mais potássio do que a banana;
·         3x mais ferro do que o espinafre;
·         6x mais cálcio do que o leite integral;
·         8x mais ômega 3 do que o salmão;
·         12x o próprio peso: é o que ela absorve de água;
·         15x mais magnésio do que o brócolis.
Fonte: Divulgação.
By Prosa;)

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Dieta que funciona...

É só decidir encarar a dieta que você passa a não resistir a qualquer tipo de prato, seja ele doce ou salgado? É, ainda bem que isso não acontecia só comigo, rs! O comportamento é natural, pois em qualquer situação de restrição, o excesso de preocupação acaba aguçando e confundindo os sentidos.
Quando não há restrição ou mudança alimentar, escolher o que comer é muito espontâneo e corriqueiro, já quando estamos de dieta, é preciso avaliar o tamanho das porções, o valor nutricional, o horário de consumo e restringir os tipos de alimentos que podemos consumir. O bom, é que depois de algum tempo (no meu caso foi mais ou menos três semanas), a vontade de consumir “tentações” é menor.
Mas o que eu quero dizer? É simples: você deve mudar aos poucos! A mudança drástica funcionou pra mim, primeiro eu fiz a dieta da USP, depois um dia de dieta líquida e após o processo de reeducação alimentar, no entanto, para a grande maioria (e meu passado está nessa grande maioria!), a mudança drástica de atitudes e hábitos alimentares é o que causa o efeito sanfona: corpo e mente não se adaptam às mudanças drásticas e em pouco tempo você estará cometendo os mesmos erros e a ter as mesmas atitudes, ou melhor, a não ter a atitude de investir em um estilo de vida equilibrado.
O processo gradativo de mudança na alimentação e prática de atividades físicas é muito importante, ele fortalecerá a sua mente, sua auto-imagem e a confiança de que você conseguirá atingir o seu objetivo final.
Eu não saí do sedentarismo e no dia seguinte corri uma maratona! Se o fizesse, com certeza, em um minuto de percurso, abandonaria a prova completamente exaurida. Comecei com pequenas caminhadas e isso após perder 7 ou 8k só com a alimentação, depois aumentei o percurso, fui pra academia praticando somente o aeróbio, incluí a musculação e hoje sim, poderia correr uma maratona, garantindo pelo menos dez minutos seguidos de corrida, sem parar! Com a alimentação, é a mesma regra, o correto é diminuir a freqüência e a quantidade consumida aos poucos, assim o seu corpo se acostumará às mudanças e não sentirá a falta de certos alimentos (se você come muitos doces, salgados, gorduras e, no dia seguinte, abandona estes alimentos, você sentirá a falta deles).
Mudanças gradativas de atitudes, tanto em relação à alimentação como também à prática de atividades físicas, levam à manutenção de uma dieta que funciona e pode ser seguida por muito mais tempo. Na verdade, sem perceber, você estará adotando um novo estilo de vida, um estilo muito mais saudável e prazeroso.  

By Prosa;)
Inspirado em textos diversos.

 

domingo, 13 de novembro de 2011

Adote metas


Na postagem anterior e em outras mais antigas, já havia citado a dica de adotar metas. Se você ainda está na fase de recaídas na dieta, o legal é começar com metas de emagrecimento pequenas, por exemplo, se você deseja emagrecer 15k, faça metas de 3 em 3k. Se já consegue seguir o ritmo, estabeleça uma meta maior, por exemplo, 10k. Você vencerá várias etapas, mostrando que é possível, sim, chegar ao objetivo final sem desanimar.
O ponto chave deste segredo está na motivação, pois a eliminação de peso se torna mais agradável quando percebemos as pequenas vitórias do caminho. Dessa maneira, estabelecer várias metas de peso e visualizar as vitórias alcançadas vai te deixar motivada durante todo o processo de emagrecimento, sem nunca perder de vista a sua meta final. Outro ponto chave é estabelecer um prazo (já falamos disso, também). Se eu me proponho emagrecer 3k e não me cobro dentro de um período, como manter a motivação? Posso emagrecer 3k em 6 meses ou 3k em 10 dias, o que me deixará empolgada para continuar?
São pequenos segredos como esse que fazem toda a diferença na hora de seguir uma dieta. São eles que separam as pessoas que emagrecem das que não emagrecem. Faça parte das pessoas que emagrecem!  Seja uma vencedora, conquiste suas metas, emagreça e sinta-se bem com você mesma. Dica de quem já passou pelo o que está passando e, agora, entende de emagrecimento e alimentação saudável.
Comprometa-se com você mesma, dê o primeiro passo para uma vida saudável!;)

By PRosa;) 

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Faça um diário do que você come!


Para algumas pessoas, uma ajuda de grande importância na hora de perder peso é o diário de sua alimentação, em que você relata detalhadamente o que comeu e bebeu durante o dia, inclusive se fugir da proposta que estiver seguindo. Quem assistiu ou leu o “Diário de Bridget Jones”, lembra bem dos relatos da personagem no seu diário sobre sua alimentação!
O que era ficção virou estudo e foi comprovada a eficiência de se ter um diário da alimentação. Os resultados foram publicados em um importante jornal de medicina americano. Dentre os pesquisados, aqueles que reuniram um relato detalhado do que comeram e beberam, juntamente com as calorias que cada item continha, perderam cerca de duas vezes mais peso que aqueles que não tinham um diário da alimentação. Os adeptos do diário passaram a comer menos gordura e mais legumes, frutas e grãos inteiros, além de inserirem a prática de exercícios físicos no mínimo três horas por semana, ainda que fosse somente uma caminhada.
Anotar os alimentos consumidos pode ser mais uma rotina diária fundamental para o emagrecimento. É com ela que você vai observar como está se alimentando e perceber seus erros e acertos e onde exatamente está havendo o ganho de calorias extras. Esta é uma dica de reeducação alimentar. É com esse controle que você passa a fazer adaptações em sua alimentação e aprende a emagrecer comendo o que gosta, além de poder desenvolver metas específicas para “atacar” os problemas diários na perda de peso: um diário “a La Bridget Jones”!

By PRosa;) 

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Combata o desânimo e o cansaço: Alimentos para aumentar a vitalidade


Você já ficou desanimado e sem energia? O desânimo pode ser originado por diversos fatores, dentre eles a deficiência de minerais, alterações hormonais, vitaminas, uso de medicamentos e outros.

Para funcionar bem, o corpo precisa de alimentos de qualidade. O humor, o sono e até o apetite sexual podem melhorar quando os nutrientes certos estão no prato, afirma a nutróloga e médica ortomolecular Liliane Oppermann.
Se você quer aumentar a sua vitalidade, a médica elaborou algumas dicas e uma listinha de alimentos que podem te ajudar, no entanto lembre-se que se o cansaço continuar mesmo alimentando-se bem é indicado procurar um médico.
1- Coma o mínimo de gordura possível.
2- A hipoglicemia (falta de açúcar no sangue) causa fraqueza, por isso é importante fazer todas as refeições indicadas.
3- Evite ingerir alimentos de digestão lenta, como o açúcar refinado: ele fornece uma carga rápida de energia, mas a sensação de moleza vem logo a seguir. Outro 'inimigo' da disposição é comer muito de uma só vez. Isso mobiliza o esforço do corpo para a digestão - e não sobra 'gás' para mais nada.
4- Fuja dos alimentos que dificultam o processo digestório, fazendo você se sentir pesado, sem a menor vontade de se mexer. Corte açúcar em excesso, evite leite e derivados na forma integral, refrigerantes, frituras, bolos com recheio e cobertura e sorvetes cremosos.

5- Couves, espinafres, cenoura, vagem, rabanete, tomate, morango, abóbora, repolho, laranja, tofu, dentre outros, são alguns dos alimentos energéticos que podem ser consumidos à vontade por quem quer ter disposição e, ao mesmo tempo, manter a forma. 

6- Os pães, as massas e alguns doces, dentre outros, são alimentos que podem sim ser consumidos, porém com moderação. O melhor é você se conscientizar que uma alimentação variada e nutritiva é a chave para uma vida saudável e feliz!
7- Abóbora é um santo remédio para quem precisa de nutrientes ou precisa de uma ajuda extra no aparelho digestivo. Rica em sais minerais como cálcio e o fósforo, também é uma excelente fonte de vitamina A e C.


quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Ser vegetariano é ser mais saudável?


Não necessariamente. Um dos maiores mitos que se criou hoje em dia é em relação à comida vegetariana. Carnes são ricas em nutrientes importantíssimos, como ferro, vitamina B12 e proteínas, e sem eles você pode adquirir uma anemia e alterar o funcionamento do seu organismo. Porém, tudo que a carne tem de bom pode ser encontrado em outras fontes, como soja e suplementos alimentares. Uma dieta vegetariana bem feita tem muitas vantagens: ela reduz as chances de ataques cardíacos, câncer no esôfago, na boca, no estômago, no intestino, no reto, no pulmão, na próstata e na laringe.(Uau)
Aqueles que resolvem aderir de vez ao cardápio precisam ficar atentos se não estão fazendo as substituições erradas na hora de se alimentar. A dieta vegetariana é caracterizada por níveis reduzidos de gorduras saturadas, colesterol e proteínas animais, e níveis superiores de carboidratos, fibras, potássio e antioxidantes.
Os americanos verificaram em pesquisas, que os vegetarianos pesam de 3 a 20% menos que os carnívoros. Os especialistas dizem que isso acontece porque quem pára de comer carne fica mais antenado em alimentação saudável como um todo, mas isso não significa que os vegetarianos não engordem, porque a dieta puramente vegetariana, se não for bem orientada, muitas vezes se torna calórica, gordurosa e incapaz de suprir a quantidade necessária de proteínas.
O grego Pitágoras (o mesmo do teorema) é considerado o pai do vegetarianismo. O filósofo e matemático dispensava o churrasco grego, por acreditar que almas humanas reencarnavam em animais, que vegetarianos viviam mais que carnívoros e que matar animais embrutecia o homem. O tempo passou, e suas justificativas se tornaram bastante populares!
By Prosa;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...