Alcançando o peso ideal... Transformando um sonho em realidade ;)

"O sucesso é a soma de pequenos esforços, repetidos dia sim e no outro também!"
Cheguei!!! Alcancei minha meta!!! Graças a Deus!
"Nunca duvide do seu potencial, você pode quando você quer, você consegue quando você luta." Eu lutei e concluí: cheguei aos 60k! 47k off!!!

Gostou? Siga você também e indique a seus amigos!

Controle de Peso

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Qualquer semelhança, não é mera coincidência!

Compulsão Alimentar
Impulso incontrolável para comer. A compulsão alimentar pode aparecer em alguns transtornos alimentares como bulimia nervosa e compulsão alimentar periódica.
No caso da bulimia nervosa, a pessoa tem ataques compulsivos, mas depois da perda de controle, purga todo o alimento ingerido.  Já no caso da compulsão alimentar periódica a pessoa não tem controle, come vorazmente, sente-se arrependida, mas não purga, pois não existe a preocupação com o peso e o corpo, como é o caso dos obesos mórbidos.
Na realidade a pessoa que sofre de compulsão alimentar periódica não come pela fome física, aliás, ela não sabe o que é sentir fome, porque quando come é por puro impulso e chega a ingerir até dez mil calorias em uma única refeição, tem preferência por guloseimas e se não tiver, come coisas estranhas, do tipo: uma lata de leite condensado, feijão gelado com pão, banana com catchup, farinha com açúcar, lasanha gelada e tudo que estiver ao seu alcance. Depois de um ataque alimentar, muitas vezes vem o arrependimento, a raiva e isso gera mais descontrole. Este ataque de comer exageradamente é conhecido pelo termo binge eating.


Estes episódios de binge eating têm um ciclo vicioso característico: Vontade de comer algo - comer muito rápido, exageradamente e escondido até acabar a comida - se empanturrar - arrepender - sentir raiva de si mesmo - se deprimir... e assim ciclicamente. (Ahhhnn, que coincidência, isso me lembra alguém que conheci...).
Será que o compulsivo realmente come por falta de vergonha e desleixo, como muitas pessoas pensam. Será que não existe nada por trás desta deformidade corporal? Tem e têm muita coisa envolvida, além do hábito alimentar, fator genético e estilo de vida, têm alguns fatores psicológicos e físicos, e uma dieta alimentar pobre em nutrientes, facilitando os rompantes de binge. Com o equilíbrio da serotonina e a mudança do hábito alimentar, a pessoa controla a ingestão de doces e fica satisfeita com o que comeu (saciedade).
Sintomas: Apetite exagerado; Vontade incontrolável de comer quando esta triste; Comer exageradamente e rápido demais, pouca mastigação; Arrependimento e tristeza após os rompantes; Falta de preocupação com o aumento de peso; Constrangimento social;
Prazer imensurável ao comer, como uma “criança no parque de diversão”.
Causas: A compulsão alimentar pode aparecer com um mau hábito alimentar durante as dietas radicais, após longos períodos de jejum, nos quadros de depressão (sob tensão psicológica a comida é uma boa muleta para acalmar) e cultura.
Tratamento: O tratamento é multidisciplinar, o compulsivo terá que passar por uma avaliação médica para avaliar a sua saúde e o excesso de peso. Após esta avaliação, se houver problemas psiquiátricos o compulsivo terá que iniciar um tratamento com medicação para equilibrar a química cerebral, e melhorar os níveis de serotonina e dopamina, tratando também de uma suposta depressão. Aliado a isto terá que iniciar um processo de reeducação alimentar, com uma dieta equilibrada, com refeições freqüentes e balanceadas.

Fonte: Espaço vida
By PRosa;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ajude a somar, dividir e multiplicar, deixe um pouquinho de você e volte sempre♥!♥!♥!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...